Domingo, 17 de Junho de 2007

Amizade

 Trabalho de Jacky

 

A amizade é um caminho com dois sentidos. Neste caminho pode-se andar sempre na mesma direcção, sempre em frente, sem paragens, sem desvios. Mas, também se pode voltar atrás, pode-se parar de vez em quando e, observar o que está à nossa volta, pode-se fazer um pequeno desvio para o outro lado do caminho. Tudo depende de nós próprios e de quem está a caminhar connosco.
 
Quando nos concentramos somente em nós próprios... quando somos egoístas e queremos ser nós apenas ajudados e apoiados... quando somente os nossos problemas e as nossas alegrias são importantes... quando somente nós contamos e pensamos que só nós temos direito a receber nessa amizade, então...  estamos a caminhar numa direcção única, não olhamos à nossa volta, não nos desviamos quando surge um obstáculo ou, quando surge algo mais importante, que tem valor suficiente para ser observado de perto. Este é o caminho que não mostra o verdadeiro espirito de uma amizade. É um caminho para quem não entende o que é a amizade, o que significa ser amigo.
 
Por vezes, muitos de nós caminhamos nesse sentido sem nos apercebermos. Mas, de repente, eis que se faz uma luz. O caminho de repente fica iluminado e ganha cores diferentes. É possível observar que há nesse caminho desvios.  Há sítios de águas profundas que nos refrescam e que nos proporcionam refrescar quem caminha ao nosso lado. Existem riachos com árvores verdejantes onde nos podemos sentar juntos e cheirar o ar puro que emana de cada uma das árvores que nos rodeiam.
 
Também há, nesse sentido do caminho, pequenos esconderijos onde é possível encontrarmos força e coragem quando somos confrontados com problemas e com situações que colocam a nossa alegria em risco.
Esses esconderijos estão repletos de objectos que nos relembram o que significa partilhar, o que significa receber conforto, receber ajuda mas, principalmente, o que significa dar conforto, oferecer um ombro amigo, partilhar uma lágrima, partilhar um sorriso.
 
Apercebemo-nos também que é possível dar meia volta e voltar atrás. É impossível, apagar os nossos passos, aqueles que tenhamos dado de modo irreflectido, de modo impulsivo, passos rápidos de mais. Mas, é sim possível dar novos passos, passos dados agora em conjunto com alguém, depois de uma troca de palavras sinceras, depois de, juntos, olhar para o arco-irís ao longe e reflectir nas cores que os nossos olhos conseguem discernir. São essas cores que, brilhando de modo forte, mostram-nos que tudo é possível, ajudam-nos a ultrapassar diferenças, mágoas, conflitos, dor e angústia. Se, juntos, olharmos o arco-íris, tivermos persistência suficiente para olhar as novas cores de um caminho que, ao princípio, poderia ter tido apenas um sentido, então, iremos agarrar de braços abertos e com todas as nossas forças a amizade de alguém que apenas e somente pede amizade de volta. Iremos caminhar por um caminho brilhante, bonito e repleto de cores diferentes, repleto de águas calmas e mansas, de àrvores verdejantes, de riachos que pululam de vida. Um caminho que, no seu conjunto, forma o colorido de dois seres. O colorido da amizade entre esses dois seres.
 
JustWords
 
P.S. Obrigado pela tua confiança na nossa amizade ;)
escrito por JustWords às 13:39
link do post | comentar | favorito
|
6 comentários:
De maria a 17 de Junho de 2007 às 16:30
Amizade para mim só tem um sentido...ou se é amigo, ou não.
Não precisamos de ser iguais, não é necessário que vejamos as mesmas cores e mt menos q gostemos da mesmas coisas...podemos até ter opiniões diferentes, mas precisamos de andar pelo msm caminho.
Na Amizade não há, tal como no Amor, o eu e o tu...há o nós.
Gosto da frase q diz "Amigo não é o que diz vai em frente, mas o que diz...vou contigo".
Gostei do q escreveste.
Jinhooooos,
maria
De JustWords a 18 de Junho de 2007 às 11:52
Olá maria linda :)

Subscrevo inteiramente as tuas palavras, principalmente não haver o eu e tu mas sim o nós.

Para além do amor, no sentido literal e mais concreto, o que mais aprecio na minha vida são as verdadeiras amizades!

Beijinhos!

De Nck a 18 de Junho de 2007 às 00:08
Amizade? Nem de propósito....
Depois de ontem, nunca mais te falo.

Beijo insonoro

Nck
De JustWords a 18 de Junho de 2007 às 18:12
É que eu nem entendo o que viste tu fazer aqui, hein??? hein??? Como tens coragem de mostrar a "cara" no Meu espaço??? Amigo da onça ;)

É sempre um prazer ler-te aqui Nck :)

Beijinhos ruidosos da Summy :)

De Kok a 18 de Junho de 2007 às 13:26
Olá... amiga (ainda que virtual)!
Pois é, os amigos são uma das poucas coisas que podemos escolher.
Nem a famíla, nem os vizinhos, nem os colegas de escola..., nada disto se pode escolher.
Os amigos, sim!
E de facto, quando sabemos que podemos contar com eles, sem restrições porque também conosco podem contar, não só estamos melhores como somos igualmente melhores.
Os amigos são poucos (em regra) mas aqui não é a quantidade que conta!
E nada paga ou supera o nosso conforto de sabermos que quando necessitamos deles, eles lá estão para o que der e vier!
Porque, de nós têm a mesma disponibilidade!
Nós sabemos isso, e eles também o sabem!
Vai longo este meu comentário, mas é precisamente porque um bom amigo/a, não é fácil de encontrar e de manter. Por isso os amigos são tão "caros" e raros. E eu prezo bastante os meus!
De algum modo um amigo/a é mais precioso do que um amor. Sei que são coisas diferentes, são sentimentos diferentes, e dão "retornos" diferentes.
Todavia... (na minha prespectiva) um amor pode acabar, mas uma amizade não!
Um beijo do....Kok

De JustWords a 18 de Junho de 2007 às 18:06
Olá kok :)

Tanta coisa para eu comentar no teu comentário ;)

Sabes? Os amigos podem e devem escolher-se, porque ter conhecidos é uma coisa mas, ter amigos, escolher quem queremos que seja nosso amigo, é completamente diferente. Especialmente porque nos vamos "mostrar" de forma diferente para quem escolhemos como amigos.

Ui, os verdadeiros amigos, são realmente poucos, eu pergunto-me se uma pessoa terá mais que duas mãos cheias de amigos. Se é que me faço entender...

Mais complicado do que achar um amigo, é mesmo manter e cultivar essa amizade. Porque isso exige acção e empenho de parte a parte. Exige desculpar, exige ouvir, exige dar de nós. E... quantas vezes estamos tão "ocupados" connosco que nos esquecemos dos outros?

Não sei se um amigo é mais precioso que um amor... mas, para mim, a amizade, infelizmente, também pode acabar... como o amor... e a dôr, essa pode ser tão ou mais forte que o fim de um grande amor... É apenas outra dôr, outro sentir...

Mas, uma verdadeira amizade quando prezada e "regada", vale mais do que qualquer pedra preciosa!

Beijinhos!

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Fevereiro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
27
28

.palavras recentes

. Tudo tem um final... feli...

. Green Summer!

. Saudades do mar...

. Continuando a caminhar...

. Caminhando!

. Lutando pelos sonhos!

. Mais uma vez...

. Química - Ligação complet...

. Still counting down!

. Química - counting down!

. Caixinha de Papel - Sorri...

. Deambulações!

. Realidade da virtualidade...

. Folha em branco...

. Noite de Fado

.palavras arquivadas

. Fevereiro 2010

. Abril 2009

. Março 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Maio 2008

. Março 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Outubro 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

.E-mail

justwords@sapo.pt