Domingo, 24 de Setembro de 2006

Conversas

 
Impressionante a força das palavras não é? Não me consigo imaginar num mundo sem conversas. Sem poder trocar idéias, sem ouvir os outros, sem dar a minha opinião. No entanto, quantas vezes tentamos em vão buscar palavras que sejam aquilo que queremos ouvir? Tornaria tudo mais fácil. Mas, na realidade, é por isso que não temos só instincto.
Vejamos os animais, eles “conversam” com linguagem simplificada, usam basicamente o instincto para conseguir aquilo que desejam, para mudar circunstâncias, para se socializarem, para se interligarem, para intercomunicarem. Nós humanos conseguimos estar um passo além, um passo que tanto significa mas que, muitas vezes, nos torna mais selvagens que certos animais. Temos um bem tão valioso, que pode ser usado de modo tão positivo e benéfico e, ainda assim, teimamos em usá-lo da pior maneira possível.
Esforço-me, regularmente, para ouvir além das palavras, para conseguir através delas “ler” sentimentos, descobrir emoções. Um olhar, um gesto, quantas vezes dizem mais que mil palavras. Especialmente um olhar, diz tanto... e hoje em dia quantas vezes conversamos com os olhos fixos noutro lugar? Até nos esquecemos que a outra pessoa está ali diante de nós. Nos olhos lê-se aquilo que vai no coração. Basta querer, basta prestar atenção... basta olhar. Um brilho mais profundo, um olhar melancólico, um olhar distante, ou simplesmente um olhar fixo e perdido no seu próprio mundo. Mas uma palavra no tempo certo, uma conversa sentida pode mudar completamente esse olhar. E mesmo que não seja possível mudar pode torná-lo mais apreciativo, menos doído.
Como nos temos esquecido do poder das palavras... pensamos que tudo podemos dizer... sem consequências, quão melhor seria medir as nossas palavras. Ainda que a verdade tenha que ser dita, pode ser dita de várias formas. Directa e dura, simplesmente para magoar. Ou com tacto, pensando não somente em nós próprios, no nosso bem-estar mas também nos outros.
É, o ser humano gosta de tornar tudo mais difícil... quando a simplicidade daria uma nova côr e um novo brilho a tudo aquilo que somos.
 
Palavras ao vento,
Palavras deslizando,
Por um qualquer canto,
Por um qualquer coração,
 
Palavras bonitas,
Palavras repletas de emoção,
Palavras que buscam um olhar,
Palavras que encontram compreensão,
 
Palavras não faladas,
Palavras não só pensadas,
Palavras não sentidas,
Somente vistas,
 
Palavras em conversas,
Que dão alegria,
Que dão coragem,
Que fazem com que um dia
Seja mais valioso
Que qualquer pedra preciosa,
Que fazem com que a vida
Se torne doce
Se torne querida
Se torne preciosa.
 
 
escrito por JustWords às 12:54
link do post | favorito
De Nosso Mais Que Tudo a 26 de Setembro de 2006 às 10:14
Lá está mais um aspecto tao fulcral na vida do Homem, mas k hoje em dia so serve para nos ofendermos severamente...
As palavras, a conversa, sao td isso k descreveste... contem sentimentos, emoçoes e, a juntar-lhes um olhar e um gesto, podem significar tanto, podem dizer-nos tanto sobre essa pessoa... no entanto, hoje em dia, existe demasiada agressao verbal... k , por vezes, dói mais que uma bofetada...
E é nisso k o ser humano complica td, e torna o lindo e admiravel, em algo aterrorizador...

Jinhos linda, obrigada por td!!

O meu mail é: ligiamnrc@sapo.pt
De JustWords a 27 de Setembro de 2006 às 20:31
É pena sim... mas se todos nos esforçarmos um "cadinho" pode ser que se veja melhorias.

Jinhos :)

Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Fevereiro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
27
28

.palavras recentes

. Tudo tem um final... feli...

. Green Summer!

. Saudades do mar...

. Continuando a caminhar...

. Caminhando!

. Lutando pelos sonhos!

. Mais uma vez...

. Química - Ligação complet...

. Still counting down!

. Química - counting down!

. Caixinha de Papel - Sorri...

. Deambulações!

. Realidade da virtualidade...

. Folha em branco...

. Noite de Fado

.palavras arquivadas

. Fevereiro 2010

. Abril 2009

. Março 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Maio 2008

. Março 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Outubro 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

.E-mail

justwords@sapo.pt