Quarta-feira, 11 de Outubro de 2006

Os nossos "velhos"!

Cada vez mais me preocupa a sociedade em que vivemos e, ainda mais, a forma como a nossa sociedade vive. A sociedade deixou de dar valor áquilo que há uns anos atrás tinha o maior dos valores. Vejamos os nossos “velhos”. Pessoas que, na maior parte das vezes, tem uma história de vida riquíssima, que têm tanto para ensinar aos “mais novos” e, acima de tudo, pessoas que são Pessoas. Têm sentimentos, emoções, e a vida que ainda está à sua frente pode ser muito rica e dar-lhes muitas alegrias. No entanto, deparo-me com situações que me levam realmente a interrogar se a sociedade que vivemos é “humana”. Que me leva a interrogar, afinal, que normas e valores é que existem hoje em dia.
Deparo-me com um dos nossos “velhos” que me conta que trabalhou uma vida inteira para dar de tudo aos seus filhos, à sua família. De repente toda a sua vida mudou, e agora encontra-se completamente isolada, em depressão e até com pensamentos suícidas. Não é doente mas a solidão, o medo, a tristeza, o não receber de volta o amor que sempre deu faz com que a vida não tenha mais sentido, não tenha mais valor. Faz com que deseje estar morta porque assim não dá mais trabalho a ninguém e os seus filhos e restantes familiares podem viver a vida deles à vontade. Hoje chorei com ela... hoje agarrei-lhe a mão e demonstrei-lhe que afinal há alguém que dá valor à sua vida. Hoje tirei uma hora apenas para ouvi-la, para que ela abrisse o seu coração e me dissesse aquilo que não tem coragem de dizer a mais ninguém. Hoje fiz a diferença na vida de um dos nossos “velhos”. E, ainda que me sinta um pouco recompensada, sinto-me triste, irritada e até revoltada por saber que, por esse mundo fora, milhares de “velhos” se sentem desta forma.
NÃO! NÃO entendo porque tão pouca gente se importa. Não entendo que estejamos tão intensamente preocupados com nós próprios e com as nossas vidas egoístas que esquecemos aqueles que mais significaram para nós. Esquecemos que não são só os “novos” que sofrem depressões. Os nossos “velhos” vivem, na maioria, isolados do mundo, ou então num mundo àparte, um mundo que lhes é imposto. Porque, devido à sociedade apressada e egoísta, de procura de prazeres imediatos em que vivemos, não lhes permitimos viverem no “nosso” mundo. Como somos egoístas!
É bom que façamos um pouco de introspecção e mudemos a nossa maneira de lidar com os nossos "velhos". Tenho a certeza que aprenderíamos muito mais! Tenho a certeza que eles seriam muito mais felizes!
 
 
escrito por JustWords às 20:51
link do post | favorito
De maria a 12 de Outubro de 2006 às 10:59
Voltei aqui para te irritar mais um bocadinho...
Atão ñ é q hj ao folhear uma revista, vejo um anuncio da APAV (associação de apoio à vitima), em q se vê um cartaz preso numa arvore, q tem a foto de um velhote e diz:"Procuro novos Donos"...em letras mais pequenas diz: "Os hospitais portugueses estão cheios de idosos abandonados pelas suas familias. Divulgue esta msg, antes q a próxima foto seja a sua"...sem comentários.
Q se pode dizer ou fazer a esta gente sem escrupulos qd mais tarde falarem no pai, mãe, tios ou avós dizem q foram umas excelentes pessoas??? Qd alguns só são lembrados na hora da leitura do testamento???
beijo,
maria
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Fevereiro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
27
28

.palavras recentes

. Tudo tem um final... feli...

. Green Summer!

. Saudades do mar...

. Continuando a caminhar...

. Caminhando!

. Lutando pelos sonhos!

. Mais uma vez...

. Química - Ligação complet...

. Still counting down!

. Química - counting down!

. Caixinha de Papel - Sorri...

. Deambulações!

. Realidade da virtualidade...

. Folha em branco...

. Noite de Fado

.palavras arquivadas

. Fevereiro 2010

. Abril 2009

. Março 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Maio 2008

. Março 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Outubro 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

.E-mail

justwords@sapo.pt